PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: hidroxicloroquina não mostra eficácia em hospital francês

jaouad.K/iStock
Imagem: jaouad.K/iStock

Marthe Fourcade

02/04/2020 14h21

A hidroxicloroquina, o medicamento contra a malária que alguns médicos têm testado como tratamento contra o Covid-19, por enquanto não mostrou resultados animadores no hospital francês Pitié-Salpêtrière.

"Usamos bastante o medicamento porque era uma das esperanças", disse Éric Caumes, chefe de doenças infecciosas do hospital de Paris, em entrevista à rede BFM TV. "Mas não temos a impressão de que haja uma eficácia espetacular. Provavelmente, nem é eficaz." Caumes disse que teria dados mais concretos no final da semana.

O presidente dos EUA, Donald Trump, havia destacado o medicamento como um tratamento promissor para conter a pandemia de Covid-19, alimentando otimismo e levando alguns hospitais a estocá-lo, mas não há evidências conclusivas de que o fármaco funcione contra o novo coronavírus.

A hidroxicloroquina mostrou resultados promissores em um pequeno estudo na França, mas a metodologia usada foi questionada. Em outro pequeno ensaio na China, o medicamento não foi mais eficaz do que o tratamento convencional.

Por enquanto, "temos mais estudos que mostram que não funciona do que estudos que demonstram que funciona", disse Caumes.

O Pitié-Salpêtrière foi eleito o melhor hospital da França em um ranking de 2020 da Newsweek.

©2020 Bloomberg L.P.

Coronavírus