Homens-bomba de Istambul eram estrangeiros

Segundo autoridade turca, autores do atentado no aeroporto Atatürk eram da Rússia, Uzbequistão e Quirguistão. Polícia prende 13 suspeitos em batidas realizadas em conexão com o ataque.

Os três homens-bomba que perpetraram o atentado no Aeroporto Atatürk de Istambul eram cidadãos da Rússia, Uzbequistão e Quirguistão, afirmou uma autoridade turca nesta quinta-feira (30/06), em condição de anonimato.

Segundo a agência de notícias Dogan, o cidadão russo era da região do Daguestão, no sul do país. A autoridade não confirmou tal informação.

Assim como o Uzbequistão e o Quirguistão, a área é predominantemente muçulmana e fez parte da antiga União Soviética. Um grande número de pessoas radicalizadas do Cáucaso e da Ásia Central aderiu ao grupo extremista "Estado Islâmico" (EI) no Iraque e na Síria.

O governo turco confirmou que os três homens-bomba chegaram ao aeroporto de táxi, e, de acordo com o jornal Hurriyet, o motorista do veículo relatou que os homens conversaram num idioma estrangeiro.

Segundo autoridades, investigadores estão tentando identificar os três agressores a partir de seus restos mortais. O atentado ao terceiro maior aeroporto da Europa deixou ao menos 43 mortos e mais de 230 feridos.

Batidas e prisões

A polícia deteve 13 suspeitos, incluindo três estrangeiros, em batidas realizadas em Istambul em conexão com o ataque desta terça-feira, informou a agência de notícias estatal turca Anadolu. Segundo a agência, a polícia conduziu batidas simultâneas em 16 áreas da cidade.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado, que envolveu armas de fogo e explosivos, mas as autoridades acreditam que o "Estado Islâmico" esteja por trás dele. A autoria de uma série de ataques realizados no país no último ano foi atribuída ao grupo.

LPF/rtr/afp/dpa/ap

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos