Dilma viaja ao Equador para reunião com Correa e Cúpula da Celac

Brasília, 26 jan (EFE).- A presidente Dilma Rousseff viajou nesta terça-feira para o Equador, onde hoje mesmo terá uma reunião de trabalho com seu colega equatoriano, Rafael Correa, e amanhã participará da IV Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Durante a reunião de trabalho com Correa, a primeira entre ambos desde que Dilma chegou ao poder, em janeiro de 2011, serão tratados diversos assuntos de caráter bilateral e regional, segundo informaram os ministérios de Relações Exteriores de Brasil e Equador.

Do lado brasileiro, há um interesse particular em discutir o projeto conhecido como "Eixo Manta-Manaus", que procura conectar os oceanos Pacífico e Atlântico através da Amazônia e é discutido há quase uma década.

A iniciativa envolve a construção de um corredor logístico entre o porto equatoriano de Manta e a cidade de Manaus, que incluiria vias de interconexão terrestre, fluvial e aéreas.

Ambos governos concordam que esse corredor poderia ser expandido no futuro a Peru e Colômbia, para promover uma maior integração regional sul-americana e oferecer aos produtores da Amazônia uma alternativa ao Canal do Panamá para seu comércio com a Ásia.

O Itamaraty também informou que Dilma e Correa analisarão fórmulas para ampliar o comércio bilateral, que em 2015 chegou a US$ 783 milhões com a balança claramente favorável ao Brasil, cujas exportações ao país andino somaram US$ 665 milhões.

Segundo fontes oficiais equatorianas, os presidentes também abordarão questões referentes às áreas de investimentos, ciência e tecnologia, educação e cooperação.

Amanhã, antes de voltar ao Brasil, Dilma participará IV Cúpula da Celac, que reunirá em Quito os líderes de 33 países da América Latina e do Caribe para discutir uma agenda de desenvolvimento, paz, democracia e combate à pobreza.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos