Ilhas Marshall elegem mulher como presidente, a primeira na Micronésia

Sydney (Austrália), 27 jan (EFE).- Hilda Heine foi eleita nesta quarta-feira presidente das Ilhas Marshall pelo parlamento deste país do Pacífico Sul e se transformou na primeira mulher a liderar um governo na região da Micronésia, informou a imprensa local.

Heine, que anteriormente foi ministra da Educação, obteve o voto de 24 dos 33 integrantes do parlamento, segundo a emissora "Radio New Zealand".

Sua eleição aconteceu um dia depois que a câmara aprovou uma moção de censura contra o presidente Casten Nemra, que tinha sido eleito nove dias antes com apenas um voto de vantagem.

As Ilhas Marshall possuem um sistema misto parlamentar e presidencial junto a um conselho consultor de altos chefes ou Iroijs, no qual não há partidos políticos formais, mas que é dominado por dois grupos de interesse: Aelon Kein AD e o Partido Democrático Unido.

Esta república em regime de associação livre com os Estados Unidos é formada por 29 atóis nos quais vivem 72.191 habitantes, segundo dados oficiais de 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos