Benin começa a votar para escolher seu próximo presidente

Cotonou, 6 mar (EFE).- Os benineses começaram nete domingo a votar para escolher o sucessor do atual presidente, Boni Yayi, que não pode concorrer à reeleição após esgotar os dois mandatos que lhe concede a Constituição.

Cerca de 8.000 colégios eleitorais abriram com normalidade às 7h (horário local, 3h de Brasília) para realizar o primeiro turno das presidenciais - adiadi uma semana por problemas logísticos - no qual 33 candidatos lutam pela presidência.

"Tudo vai bem e sem problemas por enquanto", disse à Agência Efe George Salako, após votar em um colégio de Cotonou, principal cidade do país.

Os cerca de 4,5 milhões de eleitores - quase a metade da população - chamados às urnas poderão votar até as 16h (14h), quando está previsto o fechamento dos colégios.

"Estou muito orgulhosa de estar exercendo hoje meu dever como cidadã", afirmou a jovem Jumellent Assogba, que aos 18 anos votaa pela primeira vez.

Observadores da sociedade civil beninesa, da União Africana (UA) e da Comunidade Econômica dos Estados de África Ocidental (Cedeao) foram desdobrados para acompanhar este pleito.

O grande favorito nestas eleições é Lionel Zinsou, candidato do partido governante Forças Cauris por um Benin Emergente (FCBE).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos