Coreia do Norte lança míssil balístico de submarino, segundo Seul

  • KCNA/AFP

    15.fev.2016 - O líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, é recebido por cientistas

    15.fev.2016 - O líder supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-Un, é recebido por cientistas

Seul, 23 abr (EFE).- A Coreia do Norte lançou supostamente neste sábado um míssil balístico de um submarino no Mar do Leste (Mar do Japão), segundo informou o Ministério da Defesa da Coreia do Sul. Este seria um novo desafio do regime de Kim Jong-un à comunidade internacional.

O lançamento aconteceu às 18h30 local (6h30, em Brasília), disse uma fonte de Defesa à agência sul-coreana Yonhap, que acrescentou que o Exército sul-coreano se mantém em estado de "máxima preparação" perante os movimentos de seu vizinho do norte.

Se confirmado, este seria o primeiro deste tipo feito com sucesso pela Coreia do Norte.

O míssil foi aparentemente lançado de um submarino Sinpo e, depois, seguiu com seu próprio motor e chegou a percorrer uma curta distância durante aproximadamente dois minutos, segundo Seul.

No mês passado, a site "Free Beacon" afirmou que a Coreia do Norte tinha realizado um teste em terra com um SLBM desde o estaleiro de Sinpo (nordeste do país), embora nem o Pentágono e nem Washington tenham confirmado esta informação.

Pyongyang, por sua vez, afirmou em maio do ano passado que tinha testado um SLBM, embora não esteja claro se este e lançamentos reivindicados pelo regime -o último deles anunciado pela Televisão Central da Coreia em janeiro - tiveram sucesso e foram realmente executados desde submarinos.

Esta nova exibição de poderio militar de Pyongyang ocorre depois que o país asiático realizou seu quarto teste nuclear em janeiro e um novo teste de mísseis de longo alcance em fevereiro, o que desembocou na imposição de novas e mais duras sanções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Se a Coreia do Norte alcança desenvolver a tecnologia necessária para lançar mísseis desde submarinos plenamente operacionais, se trataria de um enorme salto armamentístico, segundo especialistas internacionais.

De qualquer forma, os especialistas consideram que a Coreia do Norte poderia colocar em operação seu sistema de SLBM em um período de entre três e quatro anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos