Referendo para decidir se Reino Unido permanece na UE tem início

Londres, 23 jun (EFE).- Os colégios eleitorais do Reino Unido abriram nesta quinta-feira suas portas às 6h (hora local) para a votação do referendo sobre a permanência na União Europeia (UE), na qual os britânicos decidirão se querem ficar ou deixar o bloco comunitário.

Um recorde de 46,5 milhões de eleitores deverão comparecer às urnas, que estarão abertas até às 21h (hora local) para responder a seguinte pergunta: "Deveria o Reino Unido permanecer como membro da União Europeia ou sair da União Europeia?"

A expectativa é que o resultado seja conhecido na sexta-feira e não há previsão de pesquisas de boca de urna.

Podem votar no plebiscito os cidadãos britânicos e irlandeses maiores de 18 anos que residem no Reino Unido e os cidadãos da Comunidade Britânica com residência permanente no país, assim como os britânicos que vivem no exterior há menos de 15 anos.

A realização do referendo culmina uma campanha iniciada oficialmente no mês de abril e liderada pelos grupos "O Reino Unido, mais forte na Europa" e "Vote por Sair", que esteve marcada pela tensão e mensagens negativas, em alguns casos xenófobas.

As pesquisas publicadas nas últimas horas mostram resultados mistos.

Uma pesquisa do ComRes para o jornal "Daily Mail" e a emissora "ITV" dá vantagem para a permanência com 48% dos votos, contra 42% do "brexit" (saída da UE), mas outra da YouGov mostra uma margem mais estreita, com 51% favorável à continuidade contra 49% a favor da saída.

Já uma pesquisa da Opinium aponta uma ligeira vantagem para o Vote por Sair, com 45%, contra 44% que apoia a opção da permanência, com 9% de indecisos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos