Atentado em aeroporto de Istambul deixa 28 mortos

Istambul, 28 jun (EFE).- Pelo menos 28 pessoas morreram e cerca de 60 ficaram feridas nesta terça-feira em um atentado no aeroporto Atatürk, o maior de Istambul, segundo informou governador da cidade, Vasip Sahin.

O governador comunicou à imprensa que o número de mortos ainda pode aumentar nas próximas horas e que o ataque foi realizado por três terroristas suicidas. Essa declaração coincide com as primeiras informações das emissoras turcas, que informou que o incidente ocorreu na entrada do aeroporto.

A televisão pública turca "TRT" noticiou que houve três detonações. Uma funcionária do aeroporto relatou a uma emissora que uma das explosões aconteceu justo na entrada do terminal de embarques internacionais, onde se encontra o primeiro controle de segurança para os viajantes.

Cerca de 50 ambulâncias se deslocaram ao lugar e, segundo os veículos de imprensa turcos, os taxistas começaram a transferir os feridos aos hospitais.

O Ministério do Interior organizou um centro de crise para seguir acompanhar a situação, todos os voos foram cancelados e o aeroporto foi fechado. O primeiro-ministro turco, Binali Yildirim e o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, seguem de perto a situação.

"Estávamos no controle de passaportes. Ouvimos um tiroteio. Eram quatro pessoas e começaram a disparar contra as pessoas. Então explodiram", relatou à "CNNTÜRK" uma mulher que esteve no lugar do ataque.

"Escutei primeiro os tiros e depois uma explosão. De novo disparos e gente correndo por todos lados", informou outra testemunha. Ainda não se sabe nada sobre as nacionalidades das vítimas neste atentado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos