C.do Norte anuncia que fecha seu único canal diplomático com EUA

Seul, 11 jul (EFE).- A Coreia do Norte anunciou nesta segunda-feira sua decisão de fechar o único canal de contato que mantém com os Estados Unidos, após as sanções adotadas recentemente pelos americanos contra o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Pyongyang decidiu dar por encerrados os contatos que mantém com Washington no marco das Nações Unidas (ONU) perante a negativa dos EUA de aceitar a reivindicação do regime de suspender as sanções, informou hoje a agência estatal de notícias norte-coreana "KCNA".

A Coreia do Norte enviou uma mensagem ao governo americano na véspera através de seu representante permanente na ONU no qual condenava as medidas, que tachava de "declaração de guerra contra a RPDC (República Popular da Coreia do Norte)" e no qual solicitava seu cancelamento "imediato".

"Visto que os EUA não aceitaram nossa reivindicação (...), como já se declarou tomaremos contramedidas de ação, como primeiro passo, fechamos o canal de contato RPDC-EUA de Nova York, o único que existia oficialmente entre ambos os países", sentenciou o porta-voz do regime.

A Coreia do Norte condenou "categoricamente" as sanções, e já no sábado realizou um novo teste de lançamento de um míssil balístico a partir de um submarino, algo que se interpretou como uma resposta às sanções diretas impostas pelos EUA ao líder norte-coreano por violações de direitos humanos.

À decisão de encerrar comunicações com Washington, se soma o protesto emitido por Pyongyang no começo do dia, quando ameaçou realizar "ações físicas" contra Seul e Washington pela iniciativa de ambos os países de desdobrar no final de 2017 o escudo antimísseis THAAD ao sul do paralelo 38.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos