China, EUA e Austrália realizam exercícios militares conjuntos em Darwin

Pequim, 25 ago (EFE).- China, Estados Unidos e Austrália realizam exercícios militares conjuntos em Darwin (Austrália), em plena tensão devido ao mar da China Meridional, segundo anunciou nesta quinta-feira o Ministério da Defesa chinês.

Os exercícios militares trilaterais começaram ontem, 24 de agosto, e vão até o dia 11 de setembro em Darwin (Austrália), onde já realizaram manobras conjuntas pela primeira vez em 2014, informou Wu Qian, porta-voz do Ministério, em entrevista coletiva.

O objetivo fundamental dos mesmos é o "treinamento em capacidade de sobrevivência", acrescentou Wu.

Os exercícios acontecem pouco depois que tanto Austrália como Estados Unidos, além do Japão, se juntaram para pedir à China que reconhecesse a decisão da Corte Permanente de Arbitragem de Haia a favor das Filipinas em sua disputa territorial no mar da China Meridional, anunciado em julho.

A China tachou a decisão de "nula" e "ilegal", pedindo às Filipinas, aliada dos EUA, para negociar bilateralmente, pedido ao qual Manila se mostrou favorável.

Por sua vez, China e EUA se acusam mutuamente de militarizar o mar da China Meridional.

Apesar dessas circunstâncias, Wu considerou hoje que os exercícios militares mostram que "uma relação saudável e estável (com os Estados Unidos) é de vital relevância".

Além disso, ele considerou que China e EUA "deveriam fortalecer o diálogo, a cooperação e trabalhar suas diferenças de forma adequada".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos