Senado decide que Dilma Rousseff poderá exercer funções públicas

Brasília, 31 ago (EFE).- O Senado decidiu nesta quarta-feira a favor da permanência do direito de Dilma Rousseff de exercer funções públicas poucos minutos após ter aprovado seu impeachment em julgamento político.

Na votação, 42 senadores decidiram pela inabilitação de Dilma, 36 optaram pela permanência de seus direitos políticos e 3 se abstiveram, por isso não foi alcançada a maioria de dois terços (54 votos) necessária para a aprovação deste tipo de moção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos