Resultados de eleições na Rússia são anuladas em 9 seções por irregularidades

Moscou, 21 set (EFE).- A Comissão Eleitoral Central da Rússia anunciou nesta quarta-feira que anulou os resultados do pleito legislativo realizado no último domingo em nove seções por diversas irregularidades registradas durante a votação.

"O número nos colégios que os resultados foram declarados como cancelados pode aumentar conforme as denúncias avançam", disse a presidente do Comissão Eleitoral Central, Ella Pamfílova.

As violações da legislação eleitoral nas nove seções já foram entregues ao Comitê de Instrução e ao Ministério do Interior. Entre elas estão duas na segunda maior cidade do país, São Petersburgo.

Durante a realização do pleito, vários veículos de imprensa exibiram imagens de mulheres introduzindo seus votos nas urnas enquanto eram encobertas por outros membros da comissão local.

Os observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) reconheceram na segunda-feira que as eleições foram as mais transparentes do que as realizadas há cinco anos, mas denunciaram várias irregularidades na apuração.

Ao contrário de dezembro de 2011, quando as denúncias de fraude provocaram as maiores manifestações antigovernamentais desde a queda da União Soviética, desta vez as irregularidades não provocaram protestos da oposição.

O presidente do país, Vladimir Putin, proclamou na segunda-feira a vitória de seu partido, o Rússia Unida, nas eleições legislativas, marcadas pela maior abstenção da história do país.

"Os resultados das eleições são a reação de nossos cidadãos à pressão externa contra a Rússia, às ameaças, às sanções e à tentativa de aquecer o ambiente interno", afirmou.

O partido fundado por Putin obteve 343 das 450 cadeiras que formam a Duma, a Câmara dos Deputados do país, 105 a mais do que em 2011, apesar de contar com o apoio mais baixo de sua história.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos