Hillary mantém vantagem de 59 pontos percentuais sobre Trump entre hispânicos

Miami, 24 out (EFE).- A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, mantém uma vantagem de 59 pontos percentuais para seu adversário republicano, Donald Trump, entre os eleitores hispânicos do país, após o terceiro e último debate presidencial realizado na semana passada.

De acordo com uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira pela Associação Nacional de Funcionários Eleitos e Designados (Naleo) e a emissora "Telemundo", 74% dos hispânicos têm a intenção de votar na ex-secretária de Estado. Apenas 15% preferem o polêmico empresário.

A pesquisa, que conta com uma margem de erro de 4,4%, foi realizada entre os dias 17 e 22 de outubro com 250 latinos registrados para votar, na mesma semana da realização do terceiro debate presidencial para as eleições de 8 de novembro.

Segundo a pesquisa, 14% dos entrevistados já votaram por correio ou de outras formas antecipadas. Outros 28% afirmaram que também optarão por ir às urnas antes do dia do pleito.

Entre os que já votaram, 27% afirmaram ter enfrentado longas filas, 18% não conseguiram exercer o direito ao voto por diversos problemas e 16% não obtiveram assistência em espanhol durante o processo.

Os cerca de 16,2 milhões de latinos registrados para votar podem ter um papel decisivo nas eleições, especialmente em estados de grande presença hispânica, como Nevada, Flórida e Arizona, onde as pesquisas apontam uma disputa acirrada e que podem definir o próximo presidente do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos