Após problemas, UE e Canadá acertam data para assinatura do CETA

Bruxelas, 28 out (EFE).- O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, anunciou nesta sexta-feira a realização de uma reunião entre representantes da União Europeia (UE) e do Canadá no domingo, em Bruxelas, para a assinatura do Acordo Integral de Economia e Comércio (CETA, na sigla em inglês).

O tweet de anúncio de Tusk foi respondido pelo primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau. Na mensagem, ele avalia o empenho em negociar "com talento" um acordo que permitirá o crescimento da classe média e um reforço da economia.

A mensagem de Tusk foi publicada minutos antes da conclusão do prazo para admitir novas alegações por parte dos membros da UE ao CETA, após os 28 países do bloco terem aceitado o texto do pacto.

A assinatura do acordo vai ocorrer às 12h locais de domingo, em Bruxelas. "Missão cumprida. Acertei com o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, a realização dessa reunião", disse Tusk.

O parlamento da região da Valônia, na Bélgica, aprovou hoje a assinatura do CETA, ao considerar ter suficientes garantias na negociação de declarações adjuntas. Antes, o veto dado pelos parlamentares ao acordo impedia que a UE assinasse o pacto.

Os países-membros da UE, através de seus embaixadores em Bruxelas, aprovaram ontem a tarde o acordo apresentado pela Bélgica para que os parlamentares de Valônia desbloqueassem o CETA.

Apesar disso, o veto da região belga se transformou em uma saia justa diplomática. Canadá e UE previam assinar o acordo na última quinta-feira, quando Trudeau visitaria a Bruxelas, mas a reunião precisou ser cancelada por causa da falta de entendimento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos