Trump ao FBI: "Não é possível revisar 650 mil mensagens em 8 dias"

Em Washington

  • Carlo Allegri/ Reuters

    "Hillary é culpada, ela sabe e o FBI também", ressaltou Trump em comício

    "Hillary é culpada, ela sabe e o FBI também", ressaltou Trump em comício

O candidato do Partido Republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, denunciou neste domingo (7) que não é possível "revisar 650 mil mensagens de e-mail em oito dias", em resposta ao anúncio de que o FBI não mudou sua decisão de não processar sua rival democrata, Hillary Clinton, após revisar novas evidências.

Em um comício em Michigan, Trump afirmou que a investigação sobre os e-mails de sua rival "não vai desaparecer", e pediu o comparecimento às urnas na próxima terça-feira (8) para acabar, segundo disse, com "um sistema que protege Hillary e rouba o trabalho dos americanos e os manda para o México".

Trump respondeu assim à carta do diretor do FBI, James Comey, enviada ao Congresso para informar que sua decisão de não processar Hillary não mudou, após a revisão de novos e-mails no computador de uma das assistentes da ex-secretária de Estado.

Essas mensagens, cerca de 650 mil, de acordo com alguns veículos de imprensa, foram descobertas pelo FBI no notebook do ex-congressista Anthony Weiner, ex-companheiro de uma das assessoras mais próximas a Hillary, Huma Abedin.

Comey informou da investigação dessas mensagens - aparentemente vinculadas ao uso de um servidor de e-mail privado por parte de Hillary para o manejo de informação confidencial quando era secretária de Estado (2009-2013) - a menos de duas semanas das eleições presidenciais da próxima terça-feira.

"Hillary é culpada, ela sabe e o FBI também", ressaltou Trump em seu comício em Michigan.

Por isso, sem mencionar em nenhum momento Comey, Trump disse que é hora de que se faça "justiça" nas urnas e que os agentes do FBI não vão permitir que Hillary "se esquive do castigo".
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos