Cubanos chegam à Praça da Revolução para se despedir de Fidel

Em Havana

  • Enrique De La Osa/ Reuters

    Fotografia de Fidel Castro é exibida no Memorial José Martí, em Havana, Cuba

    Fotografia de Fidel Castro é exibida no Memorial José Martí, em Havana, Cuba

O Memorial José Martí, na Praça da Revolução, abriu suas portas nesta segunda-feira (28) para que os cubanos possam dar o último adeus ao ex-presidente Fidel Castro, que morreu na última sexta-feira e cujas cinzas foram colocadas nesse emblemático local de Havana, onde permanecerão por dois dias.

Desde o início do dia, centenas de pessoas formavam fila aguardando bater às 9h (horário local, 12h dia Brasília) para homenagear o líder cubano no emblemático cenário onde ele fez a maior parte dos seus discursos. Na mesma hora em que começava a homenagem na Praça foram disparados, simultaneamente em Havana e Santiago de Cuba, 21 tiros de canhão em homenagem a Fidel Castro.

Enrique De La Osa/ Reuters
Cubanos enfrentam longa fila para se despedir de Fidel Castro, na Praça da Revolução

O governo habilitou três acessos diferentes para agilizar a entrada do público e três pontos de homenagem exatamente iguais. Todos esses pontos têm uma grande foto de Fidel de corpo inteiro, olhando para o horizonte e vestindo seu icônico uniforme verde. Também há duas coroas de flores, uma do Partido Comunista de Cuba (PCC, único) e outra em nome dos cubanos, assim como uma vitrine com as principais condecorações que Fidel recebeu em vida.

Ao lado dessas homenagens estão guardas de honra, membros do batalhão de cerimônias das Forças Armadas Revolucionárias e representantes do Conselho de Estado de Cuba. O presidente cubano, Raúl Castro, e outros familiares do líder, como a viúva, Dalia Soto del Valle, e os filhos, ainda não chegaram.

No Memorial, algumas mulheres jogam beijos com a mão, muitos secam as lágrimas com lenços e alguns não conseguem evitar os soluços, que ecoam acima dos sussurros e do som das câmaras fotográficas no tom solene que permeia este ato.

Embora Cuba já esteja no segundo dia de luto, dos nove decretados pelo governo, este ato marca o início de uma semana de homenagens fúnebres que culminará no domingo que vem com o enterro das cinzas de Fidel Castro no cemitério de Santa Ifigenia, em Santiago de Cuba.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos