Chefes de Estado participam de ato público de despedida a Fidel Castro

Em Havana

O grande ato público na Praça da Revolução de Havana para que os cubanos se despeçam de Fidel Castro começou nesta terça-feira (29) às 19h (hora local; 22h de Brasília), como estava previsto, e com uma multidão presente. O Brasil esteve representado pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra.

O evento popular em homenagem ao ex-presidente e líder da Revolução Cubana, falecido na última sexta-feira (25) aos 90 anos, participam mais de 20 chefes de Estado e de governo de todo o mundo, liderados pelo atual mandatário cubano, Raúl Castro.

Entre os presentes estão os presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro; Bolívia, Evo Morales; Nicarágua, Daniel Ortega; Equador, Rafael Correa; México, Enrique Peña Nieto; El Salvador, Salvador Sánchez Cerén; Panamá, Juan Carlos Varela, e o rei emérito da Espanha, Juan Carlos I.

Também estão presentes os líderes do Zimbábue, Robert Mugabe; África do Sul, Jacob Zuma, e Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, entre outros, assim como o ex-presidente da Namíbia, Sam Nujoma.

David de la Paz/Xinhua
Ministro das Relações Exteriores do Brasil, José Serra, participa do ato em Havana

Por parte dos Estados Unidos, representando o governo do presidente Barack Obama estão seu assessor adjunto de segurança nacional, Ben Rhodes, e o embaixador em Havana, Jeffrey DeLaurentis.

Os veículos de imprensa estatais falam de aproximadamente 50 delegações oficiais, que incluem vários primeiros-ministros caribenhos, o vice-presidente da China, Li Yuanchao; o presidente da Duma de Estado da Rússia, Vyacheslav Volodin; o presidente do Conselho da Nação da Argélia, Abdelkader Bensalah, e a líder da Assembleia Nacional do Vietnã, Nguyen Thi Kim Ngan.

Embora as autoridades cubanas não forneçam dados sobre o número de pessoas que se reuniram na Praça da Revolução, com as silhuetas de Camilo Cienfuegos e de Che Guevara iluminadas ao fundo, o local tem capacidade para receber mais de um milhão de pessoas.

No fundo também apresenta uma imagem gigante de Fidel, vestido de guerrilheiro e com uma mochila nas costas.

Raúl Castro chegou à praça pouco antes do início do ato e cumprimentou alguns dos presentes.

A atriz Corina Mestre abriu o ato com a leitura do poema "marcha triunfal do exército rebelde".

Com o evento desta terça, chega ao fim os dois dias de tributos a Fidel Castro no memorial José Martí da Praça da Revolução, por onde centenas de milhares de cubanos desfilaram entre segunda-feira e esta terça para se despedir do ex-presidente.

As cinzas de Fidel Castro partirão nesta quarta (30) de uma estrada de Havana até Santiago de Cuba, seguindo o percurso inverso que o líder cubano realizou em 1959 para chegar ao poder.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos