Mirziyoyev vence eleições presidenciais uzbeques com 88,61% dos votos

Moscou, 5 dez (EFE).- O primeiro-ministro e chefe de Estado interino do Uzbequistão, Shavkat Mirziyoyev, ganhou as eleições presidenciais realizadas no domingo com 88,61% dos votos, informou nesta segunda-feira a Comissão Eleitoral Central (CEC) dessa antiga república soviética em Ásia Central.

"Pelo candidato do Partido Liberal Democrático, Shavkat Mirziyoyev votaram 15,9 milhões de pessoas, que representam 88,61% dos eleitores", afirmou o presidente da CEC, Mirza-Ulugbek Abdusalomov, citado por veículos de imprensa russos.

Abusalomov destacou que não foram registradas irregularidades durante as eleições.

Segundo os dados oficiais, a participação no pleito foi de 87,83% do censo eleitoral, cifrado em 21,4 milhões de cidadãos.

As eleições foram convocadas com caráter extraordinário após a morte, em 2 de setembro, do presidente Islam Karimov, que governou com mão de ferro durante 27 anos, desde antes que o Uzbequistão declarou sua independência.

Mirziyoyev, de 59 anos, considerado a mão direita e sucessor natural do primeiro presidente uzbeque, lidera há 13 anos o governo da república, por isso que sua vitória eleitoral não suscitava dúvidas.

Seus três rivais, o vice-presidente da câmara Baixa do parlamento, Sarvar Otamuradov, do partido Renascimento Nacional; o líder do partido social-democrata Adolat (Justiça), Narimom Umarov, e o candidato do Partido Popular Democrático, Jotamzhon Ketmonov, se repartiram o resto dos votos.

Logo após o anúncio da vitória de Mirziyoyev, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o felicitou e convidou-o a visitar Moscou, convite, que segundo o Kremlin, foi "aceito com gratidão".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos