Trump designa tenente-general McMaster como novo assessor presidencial

Washington, 20 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nomeou nesta segunda-feira o tenente-general H.R. McMaster como seu novo assessor de Segurança Nacional, cargo que tinha ficado vago após a polêmica renúncia de Michael Flynn por seus contatos com funcionários russos para falar sobre as sanções à Rússia.

Em um discurso surpresa em sua residência de Mar-a-Lago, na Flórida, e acompanhado por McMaster, Trump destacou seu novo assessor de Segurança Nacional como "um homem de tremendo talento e experiência".

"Li muito nestes dois últimos dias e McMaster é muito respeitado nas forças armadas", acrescentou o presidente americano.

McMaster não estava entre os favoritos para o cargo, depois que na semana passada o vice-almirante Robert Harward, o eleito do presidente Trump para substituir Flynn, rejeitou o posto.

Junto a Trump e McMaster, também esteve presente o tenente-general Keith Kellogg, que ocupará o cargo de chefe de gabinete do Conselho de Segurança Nacional.

A saída de Flynn após apenas 24 dias no cargo foi uma das principais crises com as quais o presidente americano teve que lidar.

Trump passou o fim de semana na Flórida, onde anunciou que se reuniria com possíveis candidatos ao cargo de assessor de Segurança Nacional, e voltará esta noite a Washington.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos