Naufrágio no Mediterrâneo deixa pelo menos 20 imigrantes mortos

Roma, 24 mai (EFE).- Pelo menos 20 imigrantes morreram após o naufrágio de uma embarcação que dirigia-se ao litoral italiano com algumas 500 pessoas, segundo confirmou à Agência Efe a Guarda Costeira italiana.

O naufrágio ocorreu em águas do Mediterrâneo, a cerca de 50 quilômetros do litoral líbio, fazendo com que algumas das 200 pessoas a bordo caíssem na água.

A embarcação foi atingida por uma onda e isto fez com que várias pessoas fossem jogadas para fora da embarcação, explicou uma fonte do corpo italiano.

A Guarda Costeira, auxiliada por um rebocador e um barco da ONG MOAS, recuperaram alguns imigrantes que caíram no mar e recolheram os que ficaram na embarcação, mas encontraram cerca de 20 corpos flutuando na água.

A Guarda Costeira indicou que a embarcação partiu durante a noite de ontem desde Zuara (norte da Líbia) e que as pessoas resgatadas chegarão a um porto italiano ainda nesta quarta-feira.

Além disso, as autoridades confirmaram que estão coordenando desde esta manhã pelo menos novas 15 operações de socorro de novas embarcações que se dirigem à Itália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos