Trump declara Memorial Day como dia de "paz permanente"

Washington, 29 mai (EFE). - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou nesta segunda-feira, dia em que o país vive o Memorial Day - para homenagear militares americanos mortos em combate -, como momento de "oração e de paz permanente", com um sóbrio e clássico discurso perante o Túmulo do Soldado Desconhecido, no Cemitério Nacional de Arlington, nos arredores de Washington.

A solene cerimônia no cemitério, onde estão enterrados militares mortos nas guerras em que os Estados Unidos participaram, começou com flores sendo colocadas no Túmulo ao Soldado Desconhecido e também contou com a participação do o vice-presidente americano, Mike Pence. Trump pediu que as pessoas usassem o dia "para olhar nos olhos umas das outras" e agradecer a todos os soldados que deram a vida pelo país.

"Aqui, homenageamos os mais nobres entre nós, os homens e mulheres que pagaram o preço final pela vitória e pela liberdade. Todos compartilham um título em comum, o título de herói. (...) É por famílias como essas que todas as nossas famílias têm certeza de que vivem em paz", assegurou o governante.

Trump também falou sobre os militares que estão na ativa e lembrou o fundamental papel deles nos desafios que o país enfrenta agora. Segundo ele, "uma nova geração de patriotas está lutando para vencer a batalha contra o terrorismo".

Na cerimônia participaram também o secretário de Defesa, James Mattis, e o chefe do Estado Maior Conjunto, o geral Joseph Dunford. EFE

rg/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos