Vucic deixa cargo de primeiro-ministro para assumir presidência na Sérvia

Belgrado, 30 mai (EFE).- O primeiro-ministro da Sérvia, Aleksandar Vucic, renunciou nesta terça-feira ao cargo para poder assumir na quarta-feira a presidência do país balcânico após ganhar com maioria absoluta as eleições de abril.

O político europeísta, o mais popular do país, jurará o cargo no Parlamento e sucederá Tomislav Nikolic, com quem fundou em 2008 o conservador Partido Progressista Sérvio (SNS) após romper com o seu passado ultranacionalista.

O político, de 47 anos, ganhou as eleições presidenciais de 2 de abril com 55% dos votos.

Os analistas locais consideram que Vucic seguirá sendo a figura política dominante do país apesar de o posto presidencial só ter competências protocolares e representativas.

Uma das suas primeiras tarefas como presidente será propor um novo premiê em um prazo de 30 dias.

Vucic, que era primeiro-ministro desde 2014, conseguiu manter sua grande popularidade apesar das duras medidas de austeridade que impulsionou na Sérvia em uma tentativa de reativar a economia e de enquadrar as contas públicas.

Na campanha eleitoral, disse que seu objetivo era manter o cargo presidencial em mãos do SNS e evitar que um líder opositor chegasse à chefia do Estado e dificultasse o trabalho do Governo e suas reformas.

A Sérvia abriu em 2015 as negociações para entrar na União Europeia (UE).

Os opositores e críticos acusam Vucic de autoritarismo e de querer ter todo o poder nas mãos, além de controlar grande parte dos meios de comunicação do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos