Bombardeio na Síria mata 7 membros de uma mesma família

Beirute, 4 jul (EFE).- Pelo menos sete membros de uma mesma família, entre eles cinco menores de idade, morreram na segunda-feira, em um suposto bombardeio da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos no nordeste da Síria, informou nesta terça o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Casas que estavam atrás de uma clínica na aldeia de Al Zianat, perto da cidade de Al Shadadi, na província de Al Hasaka, fronteira com o Iraque, diz a ONG.

Os falecidos são um homem, três de seus filhos, assim como sua cunhada e seus dois filhos.

Além disso, o ataque aéreo deixou um número indeterminado de feridos, alguns deles graves.

A coalizão participa ao lado das Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada pelas milícias curdas, em uma ofensiva contra a cidade da Al Raqqa, considerada capital do califado autoproclamado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na Síria e Iraque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos