Primeiro-ministro obtém voto de confiança na Assembleia Nacional da França

Paris, 4 jul (EFE).- O governo do primeiro-ministro da França, Édouard Phillipe, obteve nesta terça-feira, como estava previsto, o voto de confiança da Assembleia Nacional, após fazer um discurso sobre as políticas que promoverá durante sua administração.

Phillipe conseguiu o apoio de 370 deputados. Outros 129 se abstiveram e 67 votaram contra o primeiro-ministro e o programa apresentado por ele na Assembleia Nacional.

É o menor número de votos favoráveis obtidos nesse tipo de situação, normalmente protocolar, desde 1959. Além disso, o resultado apresenta um recorde de abstenções.

Os deputados do partido do presidente da França, Emmanuel Macron, República em Marcha, e os aliados do MoDem votaram de forma unânime a favor de Phillipe. Além disso, ele recebeu apoio de 12 parlamentares do partido Os Republicanos e de três do grupo Nova Esquerda, dissidentes do Partido Socialista.

A maior parte dos deputados do Republicanos, a primeira força de oposição no parlamento, decidiram se abster. Votaram contra os representantes da França Insubmissa, de extrema-esquerda, e da Frente Nacional, de ultradireita.

No discurso, Phillipe, que antes era do Republicanos e que se define como "um homem de direita", se comprometeu a reduzir a pressão fiscal em 1% do Produto Interno Bruto (PIB) durante os próximos cinco anos e também a diminuir a despesa pública para conter o avanço do déficit e da dívida do país.

O novo primeiro-ministro confirmou que planeja que o déficit desse ano seja de 3% do PIB, apesar do rombo nas contas públicas deixado pelo governo anterior, avaliado em 8 bilhões de euros

Além disso, Phillipe afirmou que cortará nos próximos cinco anos os impostos em 20 bilhões de euros. E fez outra série de anúncios, como o aumento do preço dos maços de cigarros e prometeu que a internet de banda largará chegará a todo o país até 2022.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos