PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Poroshenko confia em ajuda dos EUA para impulsionar processo de paz

09/07/2017 11h34

Kiev, 9 jul (EFE).- O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, disse neste domingo estar confiante que os Estados Unidos ajudarão a impulsionar o processo de paz no leste do país, após se reunir com o secretário de Estado americano, Rex Tillerson.

"Um dos resultados-chave da nossa reunião de hoje é que definimos um algoritmo de trabalho conjunto para impulsionar o processo de paz", disse o chefe do Estado ucraniano à imprensa em um comparecimento conjunto com Tillerson ao término das conversas.

Poroshenko insistiu que Kiev não começou a guerra, que segundo ele "foi planejada e gerada por Moscou, e portanto em Moscou estão as chaves para a recuperação pacífica".

"Confiamos na ajuda dos nossos parceiros, dos Estados Unidos, do formato de Normandia (Alemanha e França), e esperamos que a Rússia compreenda esta situação", disse.

Tillerson expressou a decisão dos Estados Unidos de ajudar para a recuperação do conflito na Ucrânia.

"Estamos decepcionados pela falta de avanços no cumprimento dos acordos (de paz) de Minsk. Precisamente por isso nomeamos um representante especial (Kurt Volker) para prestar atenção neste assunto", disse o chefe da diplomacia americana.

De acordo com Tillerson, com a nomeação de Volker na sexta-feira passada haverá quem coordene este trabalho com o formato de Normandia e o governo russo para ver se é possível acelerar o progresso de recuperação.

Volker, que chegou a Kiev junto com o secretário de Estado americano, permanecerá nos próximos dias na Ucrânia para iniciar o trabalho.

Internacional