PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump revoga decreto que limitava repasse de equipamentos militares à polícia

28/08/2017 13h54

Washington, 28 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, revogará uma ordem executiva do ex-presidente Barack Obama, com a qual limitava o repasse de equipamentos militares à polícia, uma medida tomada após os episódios de violência dos agentes contra cidadãos negros em 2015.

O procurador-geral do país, Jeff Sessions, anunciou nesta segunda-feira em discurso na convenção nacional da Ordem Fraternal da Polícia em Nashville, que Trump decidiu retomar o programa que fornecia aos departamentos locais de polícia os equipamentos militares restantes, como armas de alto calibre e lança-granadas.

"Estou aqui para anunciar que o presidente Trump publicará uma ordem executiva que tornará mais fácil proteger os senhores e às suas comunidades", indicou Sessions na cerimônia.

"Vai a rescindir as restrições do governo anterior que limitavam a habilidade das nossas agências para obter equipamentos por meio de programas federais, incluindo equipamentos que salvam vidas, como coletes, capacetes e itens de primeiros socorros e resgate, como os que estão sendo usados no Texas agora mesmo", disse Sessions, citando a passagem do furacão Harvey pelo país.

Segundo o procurador-geral, alguns desses programas já deram um novo destino para mais de US$ 5,4 bilhões em equipamentos novos e usados que foram pagos pelos contribuintes americanos, permitindo que eles fossem usados na luta contra o terrorismo, contra o crime e para socorrer os cidadãos em casos de desastre.

"Equipamentos como helicópteros e veículos blindados também são de vital importância para os esforços de emergência e resposta a desastres", explicou Sessions.

As organizações policiais estavam pressionando Trump para cumprir a promessa de disponibilizar esses equipamentos aos departamentos de polícia locais e estaduais.

Em 1990, o Congresso autorizou o Pentágono a entregar os equipamentos em excesso para a Polícia para ajudar no combate às drogas. Depois, a medida se ampliou para ações de luta ao terrorismo.

Grupos de todo o espectro político expressaram preocupação pela militarização da Polícia, argumentando que os equipamentos fomentam e intensificam os confrontos com os agentes.

Obama publicou uma ordem executiva em 2015 que limitava severamente os repasses, uma medida tomada em parte após a indignação pública pelo uso de equipamento militar durante os protestos em Ferguson, no Missouri, após a morte do jovem negro Michael Brown, de 18 anos, por um agente.

No episódio, a polícia respondeu com os manifestantes com gás lacrimogêneo, cachorros e veículos blindados, chegando inclusive a apontar rifles na direção de quem protestava.

Internacional