Topo

Terremoto causa destruição em igrejas, ruas e câmaras municipais no México

Em Cidade do México

2017-09-08T14:51:00

08/09/2017 14h51

Várias igrejas, câmaras municipais e outros monumentos turísticos e infra-estruturas foram afetados pelo violento terremoto de magnitude 8,2 na escala Richter ocorrido na noite de quinta-feira no México e que afetou especialmente o sul do país.

Juchitán, no estado de Oaxaca, foi o município mais afetado pelo tremor, que surpreendeu os mexicanos pouco antes da meia-noite e causou pelo menos 37 mortos e 200 feridos. A câmara municipal foi parcialmente reduzida a escombros, e as imagens de um homem recuperando a bandeira nacional em meio a pedaços de concreto se transformou em um inesperado símbolo pátrio em pleno mês de comemorações pela independência do país.

A igreja de San Vicente Ferrer, que data do século 16, ficou destruída em sua maioria, sem deixar rastro de uma de suas torres.

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL


Na capital do Estado de Chiapas, Tuxtla Gutiérrez, o monumento do parque Morelos Bicentenário foi danificado. As cabeças de duas estátuas de figuras femininas de mãos dadas que o compõem caíram.

As coloridas ruas de San Cristóbal de las Casas, também em Chiapas, sofreram rachaduras e buracos devido ao violento tremor.

A câmara municipal da cidade, um edifício branco neoclássico, rachou na parte superior, e o piso ao redor da igreja de Santa Lúcia ficou repleto de escombros depois que as duas torres da fachada, assim como outras partes da estrutura, sofreram danos.

Ainda que o terremoto não tenha causado impacto nos monumentos da Cidade do México, ganhou repercussão nas redes sociais um vídeo que mostra o Anjo da Independência - um monumento de 95 metros de altura - balançando pelo tremor.