Hamas entregará controle de fronteiras da Faixa de Gaza ao governo palestino

Gaza, 24 out (EFE).- O líder do Hamas na Faixa de Gaza, Yehya Sinwar, anunciou nesta terça-feira que o movimento islamita entregará à Autoridade Nacional Palestina (ANP) o controle da fronteira da região no próximo dia 31 de outubro, como parte do processo de reconciliação política em andamento.

"O Hamas tem a intenção de terminar com todas as suas diferenças internas, especialmente com o Al Fatah, assim como com todos os países árabes. Tomamos a decisão estratégica pela reconciliação e não pretendemos nos arrepender", disse Sinwar O líder do Hamas fez essas declarações durante um encontro com representantes de sindicatos e organizações locais realizada em um complexo turístico no litoral da Faixa de Gaza, no qual convidou o presidente da ANP, Mahmoud Abbas, a visitar a região e liderar os encontros do Comitê Central do Al Fatah e da Organização pela Liberdade da Palestina (OLP).

Segundo o acordo assinado pelo Hamas e o Al Fatah no último dia 12 de outubro para acabar com dez anos de separação política, o movimento islamita deve ceder o controle da administração de Gaza ao governo da ANP, liderado por Abbas, que também comanda o Al Fatah.

O Hamas dominou a Faixa de Gaza em 2007 após semanas de confrontos com as forças do Al Fatah. Desde então, há dois governos palestinos. Um em Gaza e outro da ANP na Cisjordânia.

Durante esse período, a inimizade política dificultou ainda mais a vida dos cerca de 2 milhões de palestinos que vivem na Faixa de Gaza. Além disso, desde que o Hamas assumiu o controle da região, Israel implantou um firme bloqueio contra Gaza, com apoio do Egito.

"Não queremos voltar atrás nem ao início", afirmou Sinwar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos