China e EUA intensificam comunicação para visita de Trump

Pequim, 26 out (EFE).- O Governo da China intensificou sua comunicação com os Estados Unidos perante a visita ao país do presidente americano, Donald Trump, visita esta que começará no dia 8 de novembro, informaram nesta quinta-feira as autoridades chinesas.

"Esperamos que com a visita e as reuniões entre os dois chefes de Estado consigamos um maior consenso sobre o desenvolvimento das relações econômicas e comerciais entre China e EUA", afirmou o porta-voz chinês do Ministério de Comércio, Gao Feng, em entrevista coletiva.

Neste sentido, China e EUA intensificaram suas comunicações e trabalham estreitamente para se chegar a resultados "positivos e pragmáticos", acrescentou Feng, que melhorem a cooperação econômica e comercial entre os dois países.

Ontem à noite, Trump parabenizou o presidente da China, Xi Jinping, por sua reeleição como secretário-geral do Partido Comunista e ambos conversaram sobre a relação comercial bilateral e a Coreia do Norte, que previsivelmente serão os temas centrais de seu encontro.

Trump deve visitar o país asiático dentro de uma viagem pela Ásia que acontecerá entre 3 e 14 de novembro, e na qual também passará por Japão, Coréia do Sul, Vietnã e Filipinas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos