Puigdemont fica em Bruxelas, e ex-membros do governo catalão vão a Barcelona

Bruxelas, 31 out (EFE).- O ex-presidente do governo regional da Catalunha Carles Puigdemont permaneceu nesta terça-feira em Bruxelas, e cinco membros da delegação catalã que estava na capital belga viajaram com destino a Barcelona, afirmaram à Agência Efe fontes diplomáticas e ligadas ao ex-mandatário separatista.

Puigdemont disse hoje que não foi à Bélgica para pedir asilo, mas a Bruxelas como capital da União Europeia (UE), em uma nova tentativa de chamar a atenção da comunidade internacional.

Em entrevista coletiva, Puigdemont não esclareceu qual será seu futuro imediato e revelou que só voltará à Espanha quando tiver garantias de um "julgamento justo".

A Procuradoria Geral da Espanha planeja pedir prisão para Puigdemont e os outros 13 ex-conselheiros do governo regional que foram intimados a depor na quinta e na sexta-feira desta semana pela juíza Carmen Lamela como investigados por crimes de rebelião, revolta e apropriação indébita, entre outros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos