Câmara dos Representantes aprova proposta de reforma tributária de Trump

Washington, 16 nov (EFE).- A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira o projeto de reforma tributária proposta pelo presidente do país, Donald Trump, que prevê grandes cortes na cobrança de impostos de trabalhadores e empresas.

A votação refletiu a maioria republicana entre os congressistas, com 227 votos a favor, todos do partido de Trump, e 205 contrários.

"O que estamos fazendo hoje não é determinar o sistema tributário que vamos ter. O que estamos fazendo é determinar que tipo de país vamos ter", afirmou o presidente da Câmara dos Representantes, o republicano Paul Ryan, e um dos principais articuladores do projeto.

A proposta, que ainda deve ser aprovada no Senado, prevê uma redução de 20% a 35% dos impostos pagos por empresas e uma diminuição do número de faixas de renda para a cobrança de impostos para pessoas físicas das sete atuais para quatro.

Ryan defendeu que a reforma representa um "alívio real" para a classe média e afirmou que uma típica família americana vai economizar US$ 1.182 por ano com a nova legislação.

Trump, que chamou a reforma de "maior evento tributário da história do país", visitou a Câmara dos Representantes hoje para conversar com os congressistas antes da votação.

Apesar da aprovação de hoje, o Senado trabalha em uma proposta diferente de reforma, com algumas modificações em relação ao projeto da Câmara e que deve ser votada em dezembro.

Além disso, os republicanos contam com uma maioria menor no Senado. Por isso, a expectativa é que a reforma enfrente maior dificuldade para ser aprovada em definitivo pelos senadores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos