PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Casa Branca planeja substituir Tillerson por chefe da CIA, segundo imprensa

30/11/2017 15h44

(Acrescenta um comunicado da Casa Branca)

Washington, 30 nov (EFE).- A Casa Branca planeja destituir o secretário de Estado, Rex Tillerson, para substituí-lo pelo atual diretor da CIA, Mike Pompeo, segundo publicam nesta quinta-feira diferentes veículos de imprensa locais.

O jornal "The New York Times", que cita funcionários do alto escalão do governo, afirma que Pompeo seria substituído na CIA pelo senador republicano Tom Cotton, figura próxima ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Segundo o jornal, o primeiro a antecipar as intenções da Casa Branca, não está claro se o plano já conta com a aprovação final de Trump, que segundo várias informações mantém uma tensa relação com Tillerson.

Por sua vez, o presidente americano evitou nesta quinta-feira responder aos rumores de que planeja substituir seu secretário de Estado, ao ser perguntado sobre o assunto por um jornalista durante uma reunião no Salão Oval da Casa Branca com o príncipe do Bahrein, Salman bin Hamad Al Khalifa.

"Ele está aqui. Rex está aqui", se limitou a responder Trump, sem fazer mais nenhum comentário.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, disse depois que não tinha "nenhum anúncio sobre mudança no quadro de funcionários neste momento".

"O secretário Tillerson segue liderando o Departamento de Estado e o gabinete inteiro está centrado em completar este incrivelmente bem-sucedido primeiro ano da Administração do presidente Trump", acrescentou Sanders em comunicado.

O futuro do secretário de Estado dentro da Administração está há meses no ar, em meio a contínuos rumores sobre sua possível saída por causa de suas diferenças com Trump.

Em outubro, Tillerson foi obrigado em negar publicamente que estivesse pensando em renunciar perante a insistência dessas informações.

"Nunca considerei deixar este posto", disse então Tillerson em um comparecimento surpresa perante os veículos de imprensa, pouco depois de a rede de televisão "NBC" indicar que ele pensou em renunciar devido às crescentes tensões com a Casa Branca e inclusive teria chamado Trump de "idiota" durante uma reunião privada.

Segundo o "The New York Times", o favorito para assumir o cargo agora é Pompeo, e seu posto na CIA seria ocupado, a princípio, por Cotton, que foi um dos principais aliados de Trump no Senado.

No entanto, o jornal adverte que ainda há discussões dentro do governo sobre se o senador é mais útil para o presidente em seu atual cargo ou como chefe da inteligência americana. EFE

llb-mvs/ff

Internacional