Missão de investigação da OIT suspende visita à Venezuela

Genebra, 29 jan (EFE).- Uma missão da Organização Internacional do Trabalho (OIT) que deveria viajar nesta semana à Venezuela para investigar uma série de alegações contra o Governo suspendeu a visita, confirmou nesta segunda-feira a entidade.

A decisão foi adotada pelos membros da missão porque as autoridades não asseguraram de maneira formal que poderiam realizar todas as visitas e reuniões previstas, indicou o porta-voz da OIT, Hans von Rohland.

Outra fontes próximas à missão indicaram à Agência Efe que é pouco provável que esta visita possa ser realizada antes da próxima reunião do Conselho de Administração da OIT, que deve se reunir em março.

Os integrantes desta delegação deveriam apresentar um relatório sobre a situação no país durante o fórum.

A missão iria investigar a veracidade das denúncias relativas à violação por parte do Estado venezuelano de normas sobre o salário mínimo e liberdade de associação, entre outras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos