Abbas deixa hospital e diz que voltará a trabalhar amanhã

Ramala (Cisjordânia), 28 mai (EFE).- O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, de 82 anos, recebeu alta do hospital nesta segunda-feira após permanecer oito dias internado em Ramala por causa de uma pneumonia e garantiu que voltará ao trabalho amanhã.

"Vou retornar ao trabalho amanhã. Gostaria de agradecer aos funcionários do hospital e a todos os líderes que me telefonaram enquanto estive internado, e ao povo palestino", disse Abbas, após se recuperar de uma pneumonia.

"O estado de saúde de nossa pátria é bom e alcançaremos nosso objetivo de tornar realidade nosso sonho de estabelecer um Estado palestino com Jerusalém como sua verdadeira capital", acrescentou Abbas.

O presidente da ANP saiu do hospital andando em aparente bom estado de saúde e de bom humor. Em seguida, Abbas fez um pronunciamento aos veículos de imprensa junto com seus filhos Tareq e Mazen, com o vice-presidente do partido nacionalista Fatah, Mahmoud al Aloul, e o diretor médico do hospital, Said Sarahana.

Mahmoud Abbas foi internado no domingo, 20 de maio, a terceira vez em apenas uma semana, pois foi submetido dias antes a uma operação no ouvido.

Em um primeiro momento, as fontes oficiais palestinas assinalaram que a última internação ocorreu por complicações relativas à cirurgia no ouvido, mas depois, e após múltiplos rumores, reconhecerem que se tratava de uma pneumonia.

Na última semana, muitos rumores circularam sobre o estado de saúde do líder palestino, um fumante habitual, que está à frente da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), da ANP e do partido Fatah desde 2004, após a morte de Yasser Arafat.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos