PUBLICIDADE
Topo

Escolha de Kavanaugh gera protestos em frente à Suprema Corte dos EUA

Manifestantes se reúnem em frente à Suprema Corte em Washington na noite de 2ª - Cliff Owen/AP Photo
Manifestantes se reúnem em frente à Suprema Corte em Washington na noite de 2ª Imagem: Cliff Owen/AP Photo

Em Washington

10/07/2018 02h43

Dezenas de pessoas protestaram na noite desta segunda-feira (9) em frente à Suprema Corte dos Estados Unidos em Washington contra a escolha do juiz conservador Brett Kavanaugh por parte do presidente, Donald Trump, para integrar o órgão.

Do protesto, que segundo alguns veículos de imprensa chegou a reunir algumas centenas de pessoas, participaram os senadores democratas Elizabeth Warren, Cory Booker, Richard Blumenthal, Kirsten Gillibrand e Jeff Merkley, além do esquerdista Bernie Sanders.

Todos eles anunciaram seu voto contrário a Kavanaugh no processo de confirmação que acontecerá no Senado e que salvo alguma surpresa deve ser nas próximas semanas, graças à maioria republicana na Câmara.

"Esta não é uma luta fácil, mas é uma luta que ganharemos", disse Sanders, pedindo para a confirmação ser bloqueada.

Brett Kavanaugh e Donald Trump - Leah Millis/Reuters - Leah Millis/Reuters
Brett Kavanaugh e Donald Trump
Imagem: Leah Millis/Reuters
O maior medo dos manifestantes era que a nova maioria do Supremo, ainda mais conservadora, invalide em algum momento a decisão que em 1973 legalizou o aborto em nível nacional.

Segundo a emissora Fox, além dos contrários a Kavanaugh também foram para a frente do Tribunal alguns partidários de Trump, que com megafones gritaram palavras de ordem contrárias ao aborto.