PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Vice-presidente dos EUA acusa Ortega de patrocinar violência na Nicarágua

24/07/2018 17h29

Washington, 24 jul (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, afirmou nesta terça-feira que a violência na Nicarágua é patrocinada pelo Estado e acusou o governo do presidente Daniel Ortega de ser responsável pela morte de mais de 350 pessoas na onda de protestos que sacode o país desde abril.

"A violência na Nicarágua patrocinada pelo Estado é inegável. A propaganda de Ortega não engana ninguém e não muda nada. Mais de 350 mortos pelas mãos do regime. Os EUA pedem ao governo de Ortega que ponha fim à violência e que convoque eleições antecipadas", escreveu o vice-presidente americano em mensagem no Twitter.

"O mundo está observando", avisou Pence a Ortega.

Ortega afirmou ontem em entrevista à emissora "FoxNews" que os protestos no país são organizados por setores tanto favoráveis como contrários ao seu governo. Por isso, antecipar as eleições criaria um "clima de instabilidade que pioraria as coisas".

Desde o início das manifestações em abril, organizações de direitos humanos locais e internacionais calculam que mais de 350 pessoas morreram na Nicarágua, a maioria delas vítimas de grupos paramilitares favoráveis ao governo.

A situação fez a Casa Branca elevar o tom e denunciar a violência registrada no país, somando-se aos pedidos da comunidade internacional para que Ortega antecipe o pleito nicaraguense.

Internacional