PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Angelina Jolie visita albergue para venezuelanos em Lima

22/10/2018 18h17

Lima, 22 out (EFE).- A atriz Angelina Jolie, representante da Agência das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), conversou e aconselhou migrantes venezuelanos em Lima durante uma visita a um albergue na capital peruana administrado por voluntários.

Essa foi a primeira atividade de Angelina durante sua visita de três dias ao Peru para avaliar as necessidades humanitárias dos refugiados venezuelanos e os desafios que o país enfrenta como receptor destes imigrantes.

A atriz foi ao distrito de San Juan de Lurigancho, onde fica o albergue Sin Fronteras, administrado de forma voluntária por Renee Cobeña, que há mais um ano acolhe e dá alimentos aos migrantes venezuelanos que chegam à capital peruana.

Angelina conversou com alguns dos refugiados sobre a situação da Venezuela.

"Como pode ser bom (um governo) se mais de 2 milhões de pessoas saíram do país?", disse a atriz e diretora a seus interlocutores.

Além disso, tentou incentivar os migrantes apontando que, "unidos, serão mais fortes e poderão seguir em frente".

Segundo a Acnur, Angelina também terá encontros com autoridades e com representantes de entidades civis que fornecem ajuda aos venezuelanos que abandonaram seu país.

Além disso, ela visitará programas através dos quais os migrantes recebem assistência e proteção e "observará a generosa resposta do Peru" a esta situação.

Com 456 mil venezuelanos que emigraram em apenas um ano e meio, o Peru é, depois da Colômbia, o país sul-americano que mais recebeu migrantes que deixaram o país governado por Nicolás Maduro.

Internacional