PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ataque contra funcionários de presídio em Cabul deixa pelo menos 7 mortos

31/10/2018 09h01

(Atualiza número de vítimas e acrescenta detalhes).

Cabul, 31 out (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram e outras oito ficaram feridas no atentado perpetrado nesta quarta-feira contra um veículo que transportava funcionários da prisão Pul-e-Charkhi, nos arredores de Cabul e uma das maiores do Afeganistão.

Por volta das 7h40 (horário local, 0h10 em Brasília), um insurgente suicida detonou o colete com explosivos que levava a aproximadamente dois quilômetros da entrada do presídio, informou em comunicado o Diretório de Prisões e Centros Penitenciários, pertencente ao Ministério do Interior.

"O agressor suicida, que estava tentando passar pelo controle de segurança da prisão, foi identificado pela polícia a dois quilômetros do complexo penitenciário, onde detonou seus explosivos antes de atingir seu alvo", explicou o órgão.

Por sua vez, o porta-voz da polícia de Cabul, Basir Mujahid, confirmou à Agência Efe que a explosão aconteceu em uma estrada que leva até a prisão quando um micro-ônibus transportava um grupo de funcionários da Pul-e-Charkhi.

Por enquanto nenhum grupo insurgente assumiu a autoria do ataque.

Nos últimos meses, Cabul sofreu um grande número de ataques contra todos os tipos de alvo, desde membros da minoria xiita até pessoas envolvidas nas eleições parlamentares do último dia 20, como candidatos e eleitores.

No entanto, não são frequentes os atentados contra prisões.

Internacional