PUBLICIDADE
Topo

Internacional

China detém terceiro cidadão canadense em um mês

19/12/2018 12h06

Toronto, 19 dez (EFE).- As autoridades da China detiveram um cidadão do Canadá, no que representa a terceira detenção de um canadense no país somente neste mês, informou à Agência Efe um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do país americano.

"O Ministério de Relações Exteriores do Canadá tem conhecimento de que um cidadão canadense foi detido na China. O pessoal consular está dando assistência à família", disse à Agência Efe a citada fonte.

O porta-voz rejeitou oferecer mais detalhes, citando restrições para proteger a privacidade do detido.

No entanto, fontes do Ministério precisaram que "não há razões" para pensar que o novo caso está relacionado com as outras duas detenções ocorridas na China.

Neste mês, as autoridades chinesas detiveram Michael Kovrig, um antigo diplomata e desde fevereiro de 2017 membro do centro de pensamento International Crise Group (ICG), e o empresário Michael Spavor, um dos poucos ocidentais que conheceu o líder norte-coreano Kim Jong-un.

Os dois foram presos depois da detenção em 1 de dezembro da diretora-executiva de Huawei, Meng Wanzhou, que está em liberdade condicional e foi detida a pedido dos EUA, que a acusa de violar suas sanções ao Irã, razão pela qual reivindica a extradição. EFE

Internacional