PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Rússia considera "muito necessária" uma reunião entre Putin e Trump em 2019

25/12/2018 14h45

Moscou, 25 dez (EFE).- A Rússia considera "muito necessária" a realização em 2019 de uma reunião entre os presidentes russo, Vladimir Putin, e americano, Donald Trump, após o cancelamento dos dois encontros previstos nos últimos meses.

"Consideramos e seguimos considerando que é necessário um contato com formato amplo, agenda fixa e participação das delegações de ambos os países", disse Sergei Ryabkov, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, à agência oficial "RIA Novosti".

Ryabkov insistiu que uma reunião no mais alto nível "é muito necessária agora" e previu que a demanda por esse encontro aumentará com o passar dos meses.

Na opinião do diplomata, "a falta de vontade política" em Washington para trabalhar com a Rússia "em um plano de igualdade" agrava ainda mais as relações bilaterais e as divergências no âmbito da segurança internacional.

O Kremlin lamentou o cancelamento da reunião prevista como parte da cúpula do G20 em Buenos Aires, que aconteceu após o mesmo ter ocorrido em Paris durante a comemoração do centenário do fim da Primeira Guerra Mundial.

Trump decidiu suspender de última hora a reunião devido à captura de três embarcações ucranianas pela guarda costeira russa no mar Negro no dia 25 de novembro.

O ministro das Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov, acusou a elite política americana de minar as tentativas de Trump de normalizar as relações com o Kremlin.

Devido à falta de contato, também fica em interdição a possível visita de Putin aos EUA no primeiro semestre do próximo ano e a de Trump à Rússia. EFE

Internacional