PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Irã diz que teve conversas com talibãs afegãos

26/12/2018 12h27

Teerã, 26 dez (EFE).- O secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã, Ali Shamkhani, informou nesta quarta-feira que o seu governo se reuniu com os talibãs e teve conversas com esse grupo insurgente afegão.

Em visita oficial em Cabul, ele disse à agência de notícias do governo iraniano, "Irna", que as conversas que estão acontecendo entre o Irã e o grupo talibã são para ajudar a resolver os problemas de segurança no Afeganistão, que o governo afegão está ciente e que este processo continuará".

"A criação de mecanismos baseados no diálogo contínuo e na participação ativa dos países da região nos processos de segurança pode garantir a estabilidade e o desenvolvimento contínuo para as nações da região", disse Shamkhani, sem dar detalhes sobre quando e onde ocorreram esses contatos.

Esta revelação acontece após a reunião que os talibãs fizeram com as autoridades americanas e representantes da Arábia Saudita e do Paquistão, nos Emirados Árabes. Eles se recusaram a se reunir com a delegação do governo afegão que estava em Abu Dhabi.

Os talibãs, que se reuniram pela primeira e última vez com o governo afegão em 2015 no Paquistão, insistiram desde então em dialogar com os Estados Unidos, que invadiu o país em 2011 e mantém uma forte presença militar no território. Um dos temas tratados nos Emirados Árabes foi a saída das tropas internacionais do Afeganistão.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que planeja retirar a 7 mil soldados do país, a metade do contingente que está no país atualmente. EFE

Internacional