PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Atriz pornô diz estar "orgulhosa" por depoimento de ex-advogado de Trump

"Michael, estou orgulhosa de você por ter começado a dizer a verdade sobre o que fez e por tentar reparar parte do prejuízo que causou", afirmou a atriz Stormy Daniels em comunicado enviado à emissora de televisão "MSNBC" - AP Photo/Matt Sayles
"Michael, estou orgulhosa de você por ter começado a dizer a verdade sobre o que fez e por tentar reparar parte do prejuízo que causou", afirmou a atriz Stormy Daniels em comunicado enviado à emissora de televisão "MSNBC" Imagem: AP Photo/Matt Sayles

27/02/2019 18h39

A atriz pornô Stormy Daniels disse nesta quarta-feira se sentir "orgulhosa" pelo depoimento de Michael Cohen, ex-advogado pessoal do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que falou diante do Congresso para testemunhar sobre sua relação com o governante.

"Michael, estou orgulhosa de você por ter começado a dizer a verdade sobre o que fez e por tentar reparar parte do prejuízo que causou", afirmou Daniels em comunicado enviado à emissora de televisão "MSNBC".

Cohen apresentou diante do Comitê de Supervisão e Reforma da Câmara dos Representantes um cheque com o qual Trump lhe reembolsou parte do pagamento de US$ 130.000 que fez a Daniels para supostamente manter em segredo uma relação que tiveram no passado.

Esse cheque, datado de 1º de agosto de 2017, faz parte de uma série de 11 pagamentos que Trump fez a Cohen durante um ano para reembolsar a quantia que seu representante repassou ao advogado de Daniels, de acordo com o testemunho de Cohen.

O advogado explicou que outros cheques para reembolsar os pagamentos com dinheiro foram assinados pelo filho de Trump, Donald Trump Jr., e pelo diretor financeiro da Organização Trump, Allen Weisselberg.

"Posso escutar a dor e o arrependimento que sente por trair sua família e seu país. Meu coração está com você e sua família", acrescentou Daniels, se dirigindo a Cohen, em sua nota.

A atriz disse que entendia o temor de Cohen, embora tenha lembrado que tanto o presidente como seu ex-advogado chegaram a chamá-la de mentirosa.

Em todo caso, a atriz agradeceu a Cohen por ter a "coragem, finalmente, de começar a dizer a verdade", e disse espera que algum dia sua família e a dela possam "deixar este pesadelo para trás".

Cohen pagou US$ 130.000 a Daniels antes das eleições presidenciais de novembro de 2016 para que não falasse em público da relação sexual que teve com o agora presidente há uma década.

A revelação desse pagamento foi um grande escândalo, já que a suposta relação ocorreu pouco depois que Trump e a atual primeira-dama, Melania Trump, se casaram.

Trump reconheceu em maio do ano passado que tinha reembolsado Cohen com os US$ 130.000 que repassou a Daniels em outubro de 2016, na reta final das eleições, para enterrar qualquer história sobre este assunto, já que a imagem do candidato republicano estava muito manchada por comentários sexistas e acusações de assédio.

Este pagamento pode ter violado as leis sobre financiamento eleitoral, por ser considerado que tinha como objetivo preservar a boa imagem de Trump como candidato. 

Internacional