PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Harry e Meghan terão residência oficial independente do Palácio de Kensington

15/03/2019 14h49

Londres, 15 mar (EFE).- Os duques de Sussex, Harry e Meghan, terão sua própria residência oficial independente do Palácio de Kensington, que contará com uma equipe e um escritório de comunicação a partir da primavera (no hemisfério norte), anunciou nesta sexta-feira o Palácio de Buckingham.

"A rainha concordou com a criação de uma nova Residência para o duque e a duquesa de Sussex, seguindo seu casamento em maio do ano passado. A Residência, que será criada com o apoio da rainha e do duque de Gales, será estabelecida na primavera", informou o Palácio de Buckingham em comunicado.

Até agora, a equipe de funcionários do casal estava integrada ao escritório do Palácio de Kensington, a residência dos duques de Cambridge, William e Kate, e, embora não tenha sido especificada uma data, espera-se que a mudança aconteça assim que o bebê do casal nascer nas próximas semanas.

O neto de Elizabeth II e a ex-atriz americana se mudarão então para a residência de Frogmore Cottage, situada nas dependências do Palácio de Windsor, nos arredores de Londres, uma casa que foi um presente de casamento da soberana e na qual estão ocorrendo reformas.

Segundo a nota, o novo escritório de imprensa fará parte do departamento de comunicação do Palácio de Buckingham e reportará diretamente à responsável desta área da rainha Elizabeth II.

Para ocupar esse posto, Harry e Meghan contrataram Sara Latham, uma das especialistas em comunicação que assessorou a democrata Hillary Clinton na campanha eleitoral de 2016 e que também trabalhou para Barack Obama.

O casal real esteve no mês passado em visita oficial ao Marrocos, sua última viagem, já que Meghan está no oitavo mês de gravidez e interrompeu sua agenda oficial até o nascimento do bebê. EFE

Internacional