PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Rússia supera Reino Unido e Itália em casos de infecção pelo coronavírus

26.mar.2020 - Mulher usando máscara devido ao coronavírus na Catedral de Cristo Salvador no centro de Moscou, capital da Rússia - ALEXANDER NEMENOV/AFP
26.mar.2020 - Mulher usando máscara devido ao coronavírus na Catedral de Cristo Salvador no centro de Moscou, capital da Rússia Imagem: ALEXANDER NEMENOV/AFP

Em Moscou (Rússia)

11/05/2020 14h45

A Rússia chegou hoje ao total de 221.344 casos de infecção pelo novo coronavírus, segundo boletim apresentado pelas autoridades locais, o que coloca o país na frente de Reino Unido e Itália no ranking de contágio. De acordo com os dados atuais, houve 11.656 casos a mais no território russo, sendo que 46,5% deles assintomáticos.

Reino Unido e Itália estão perto dos 220 mil registros de infecção, mas ambos têm número maior de mortes, superando a marca de 30 mil, cada um, enquanto a Rússia chegou a 2.009, com os 94 do boletim mais recente, que apresentada informações de domingo.

Segundo epidemiologistas locais, o aumento exponencial de casos no país é resultado direto do aumento nos testes de diagnóstico, que já chegam a 5,5 milhões.

Moscou segue sendo o foco da pandemia na Rússia, com 115.909 casos, sendo 6.169 contabilizados neste domingo. As autoridades da capital, inclusive, adiaram o relaxamento de medidas, que já está sendo programado pelo governo do país.

Assim, o confinamento para os moradores de Moscou seguirá em vigor até 31 de maio. As autorizações de saída são para trabalhadores da construção civil e da indústria, que devem usar máscaras, luvas e manter distância física dos companheiros de trabalho.

Coronavírus