PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Alemanha registra queda significativa na vacinação contra a covid-19

Procura por primeira dose vem caindo há 33 dias na Alemanha - iStock
Procura por primeira dose vem caindo há 33 dias na Alemanha Imagem: iStock

26/07/2021 21h49

A campanha de vacinação na Alemanha sofreu uma desaceleração significativa, principalmente no que diz respeito às primeiras doses, e no domingo teve seu ponto mais baixo desde 7 de fevereiro, com 30.671 pessoas vacinadas pela primeira vez, segundo os últimos dados do Instituto Robert Koch (RKI).

Durante a semana, foram administradas 678.459 primeiras doses, o nível mais baixo desde a terceira semana de fevereiro, quando houve falta de vacinas na Alemanha.

Agora, em vez disso, existem 15 milhões de doses não utilizadas em refrigeradores, de acordo com as estatísticas. A média diária das primeiras doses administradas vem caindo há 33 dias.

Na semana passada, a média da população que recebeu a primeira dose aumentou de 60,0% para 60,9%. A dosagem completa foi recebida por 49% da população, o que equivale a 54% das pessoas com 12 anos ou mais.

De acordo com o RKI, 85% das pessoas com idades entre 12 e 59 anos e 90% das pessoas com mais de 60 anos devem ter recebido a dosagem completa para alcançar a imunidade de rebanho.

A desaceleração tem sido atribuída a vários motivos, inclusive que, com a queda da incidência, a preocupação de muitas pessoas também diminuiu.

No entanto, nas últimas semanas, a incidência e as infecções mostram uma clara tendência de aumento que, somada à presença majoritária da variante delta na Alemanha, levanta preocupações de que no outono (no hemisfério norte) chegue a quarta onda da pandemia.

Coronavírus