PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

Reino Unido detecta mais 20 casos de hepatite em crianças menores de 10 anos

Apesar de numerosos casos, não há registro de mortes até o momento. - iStock
Apesar de numerosos casos, não há registro de mortes até o momento. Imagem: iStock

27/05/2022 15h13

A Agência de Segurança Sanitária do Reino Unido (UKHSA) divulgou nesta sexta-feira que foram registrados no país mais 20 casos de hepatite em crianças menores de dez anos, elevando o total de positivos para 222.

De acordo com o órgão público, 158 dos pacientes vivem na Inglaterra, 31 na Escócia, 17 no País de Gales e 16 na Irlanda do Norte.

Ainda segundo a UKHSA, não há registro de mortes e a maioria é de crianças de cinco anos, que, a princípio, apresentaram quadros de gastroenterite, seguido de icterícia (coloração amarelada da pela, pelo aumento da bilirrubina).

A assessora médica da UKHSA, Renu Bindra, apontou que estudos sugerem "uma associação com o adenovírus", por isso, esta ligação está tendo explorada, junto com possíveis fatores de contribuição, como infecções prévias, com a covid-19.

"Estamos trabalhando com outros países que também estão vendo novos casos para compartilhar informação e aprender mais sobre essas infecções", apontou a especialista à imprensa local.

O adenovírus é parte de uma família de vírus que pode causar infecções nas vias respiratórias, nos olhos e no tubo gastrointestinal.

"A probabilidade de que as crianças desenvolvam hepatites segue sendo extremamente baixa. Manter medidas de higiene normais, incluindo garantir que as crianças lavem bem as mãos regularmente, ajuda a reduzir a propagação de muitas infecções comuns, incluindo, do adenovírus", afirmou Bindra.

Saúde