Samsung revelará planos de retorno a acionistas em meio a pedidos para dividir empresa

Por Se Young Lee

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics informou que divulgará na terça-feira planos para aumentar o valor para os acionistas - um movimento que vem em meio à pressão do fundo norte-americano Elliott Management para dividir a empresa em duas partes e fornecer mais dividendos.

O fundo de hedge norte-americano, que detém 0,6 por cento da Samsung, pediu para a gigante de tecnologia da Coreia do Sul em outubro para se dividir em um veículo de holding para fins de propriedade e uma empresa operacional, além de pagar 30 trilhões de wons em dividendo especial.

O Diário Econômico de Seul, citando uma fonte não identificada, informou na segunda-feira que a empresa vai dizer que planeja considerar uma divisão. A Samsung recusou-se a elaborar mais na segunda-feira sobre seus planos, embora tenha dito no mês passado que está considerando comprar de volta mais ações.

A Samsung disse que irá realizar uma teleconferência às 9:30 (horário local) na terça-feira para discutir seu plano.

A divisão em duas empresas tem sido um assunto de especulação do mercado com os analistas observando que tal movimento poderia ajudar os herdeiros da família fundadora do Grupo Samsung a aumentarem o controle do maior fabricante mundial de smartphones, chips de memória e televisores.

A Samsung também está ansiosa para não afugentar os investidores em um momento em que está se recuperando de uma desastrosa retirada do smartphone Galaxy Note 7, propenso a incêndio, que custará à empresa 6,1 trilhões de wons em lucros nos próximos três trimestres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos