Ex-governador venezuelano e outros membros da oposição são soltos

CARACAS (Reuters) - As autoridades venezuelanas libertaram neste sábado da prisão domiciliar o ex-governador de oposição e ex-candidato presidencial Manuel Rosales, e ainda soltaram mais cinco ativistas contrários ao governo do presidente Nicolás Maduro.

Rosales foi preso em 2015 após retornar para a Venezuela vindo do Peru, para onde havia fugido seis anos antes depois de ser acusado de enriquecimento ilícito pelo governo do ex-líder socialista Hugo Chávez, que morreu em 2013. Ele conseguiu o direito a prisão domiciliar em outubro.

"Eu informo ao povo da Venezuela que fui libertado junto com outros prisioneiros políticos", escreveu Rosales em sua conta no Twitter. "Continuamos lutando pela libertação de todos os prisioneiros políticos e pelo retorno dos exilados."

Cinco outros ativistas foram libertados da prisão com a condição de que eles não deixem o país e apareçam periodicamente no tribunal, de acordo com o advogado Gonzalo Himiob, do grupo de direitos humanos Fórum Penal. Eles haviam sido presos em 2014, quando a oposição liderou uma onda de protestos pela renúncia de Maduro.

O Ministério da Informação da Venezuela não respondeu a telefonemas para comentar o assunto.

Líderes da oposição dizem que o governo de Maduro está mantendo cerca de 100 prisioneiros políticos que foram injustamente presos por protestarem contra a administração federal, incluindo o ex-prefeito e líder da oposição Leopoldo López.

Importantes figuras políticas internacionais já pediram publicamente pela libertação dos presos, incluindo o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o sul-africano ganhador do Nobel da Paz Desmond Tutu.

Maduro nega que o país mantenha prisioneiros políticos, insistindo que os presos foram detidos por envolvimento em violência nas ruas ou em planos para derrubar seu governo.

(Por Brian Ellsworth)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos