Preços do petróleo sobem, mas crescente produção nos EUA limita ganhos

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram nesta segunda-feira, à medida que o otimismo de investidores sobre a eficiência dos cortes de produção encorajou apostas recordes em um rali sustentado, embora a crescente produção nos Estados Unidos e estoques altos tenham limitado os ganhos nas cotações.

As exportações de petróleo da Arábia Saudita, principal produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), caíram em dezembro para 8,014 milhões de barris por dia, ante 8,258 milhões de barris por dia em novembro, mostraram dados oficiais nesta segunda-feira.

O petróleo Brent encerrou a sessão em alta de 0,7 por cento, a 56,18 dólares por barril.

O petróleo dos EUA estava em alta de 0,29 dólar, ou 0,5 por cento, a 53,69 dólares o barril, em negociações pouco volumosas. Não haverá fechamento para o petróleo dos EUA nesta segunda-feira devido ao feriado do Dia do Presidente.

Os preços também receberam uma leve ajuda do dólar mais fraco. Um dólar mais forte tipicamente torna o petróleo mais caro para usuários de outras moedas.

(Por Devika Krishna Kumar; reportagem adicional de Amanda Cooper, Henning Gloystein e Aaron Sheldrick)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos