Observatório Sírio diz ter "confirmado informação" sobre morte de líder do Estado Islâmico

CAIRO/BEIRUTE (Reuters) - O Observatório Sírio para Direitos Humanos disse à Reuters nesta terça-feira que "confirmou a informação" de que o líder máximo do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, foi morto.

O Ministério de Defesa da Rússia disse em junho que poderia ter matado Baghdadi, quando um de seus ataques aéreos atingiu um encontro de comandantes do Estado Islâmico nas redondezas da cidade síria de Raqqa, mas os Estados Unidos disseram não poder corroborar a morte e autoridades do Iraque se mostraram céticas quanto à informação.

A Reuters não pôde verificar a morte de Baghdadi de maneira independente.

(Reportagem de Lisa Barrington, no Cairo, e Ellen Francis, em Beirute; Reportagem adicional de Omar Fahmy no Cairo e Phillip Stewart em Washington)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos